Zinco e Saúde da Pele (Revisões Bibliográficas)

O zinco, tanto oral quanto tópico, pode beneficiar uma variedade de condições da pele (por exemplo, acne, verrugas, rosácea, eczema, psoríase, melasma e caspa) [ 24 ].

Em pessoas com acne vulgar, os grupos suplementados com zinco (por via oral) mostraram uma melhora significativa nos sintomas quando comparados aos grupos placebo [ 46 , 47 , 48 , 49 ].

Os ensaios clínicos em pacientes com verrugas virais resultaram em uma depuração completa das verrugas para a maioria dos indivíduos tratados com zinco, por via oral e tópica [ 50 , 51 , 52 ].

O zinco exibe eficácia semelhante no tratamento do Herpes genital (verrugas genitais causadas pelo vírus Herpes simplex (HSV) 1 e 2) [ 53 , 54 ].

Um estudo em pessoas com rosácea (uma doença inflamatória crônica caracterizada por rubor, pequenos vasos sanguíneos e inchaços vermelhos na face) mostrou que o zinco oral foi capaz de reduzir os sintomas da doença [ 55 , 24 ].

A suplementação de zinco exibe eficácia semelhante no tratamento de outros distúrbios inflamatórios da pele, como psoríase e eczema, provavelmente devido às propriedades anti-inflamatórias e antioxidantes do zinco. No entanto, os resultados são menos convincentes [ 56 , 57 , 24 ].

O zinco também pode tratar a dermatite seborreica (caspa). Estudos mostram que xampus contendo zinco podem reduzir significativamente o descamação e a inflamação associados à caspa [ 58 ].

Anúncios

Website: nutricaosadia.com

Dr. Vinícius Graton é Nutricionista atuante na Nutrição Clínica & Nutrição Esportiva. Em Uberlândia/MG atende na Clínica Renova - Rua Bernardo Guimarães 417 - Bairro Fundinho. Contato (34) 3255-1237 ou 3231-8655. Para Assessoria Online envie WhatsApp (34)98407-3617

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: