A citricultura é o ramo que mais se destaca na fruticultura mundial, sendo a laranja e a tangerina, os citros mais consumidos na dieta dos brasileiros. Além de serem importante fonte de vitaminas e fibras, as frutas e sucos cítricos contêm metabólitos secundários incluindo antioxidantes como acido ascórbico, compostos fenólicos, flavonóides e limonóides, os quais são importantes para a nutrição humana. Os antioxidantes são compostos químicos que podem prevenir ou diminuir os danos oxidativos de lipídeos, proteínas e ácidos nucléicos causados por espécies reativas de oxigênio, restringindo assim os efeitos maléficos que tais espécies possam causar ao organismo.

Tais fatores podem contribuir para redução no risco de desenvolver doenças crônicas, como câncer, doenças cardiovasculares, inflamações e disfunções cerebrais. Dentre os antioxidantes presentes nos citros, a vitamina C é um dos mais importantes devido ao seu alto poder redutor e, portanto, torna-se interessante avaliar a variação do teor desta vitamina e capacidade antioxidante nas diferentes variedades de laranjas e tangerinas de significado comercial no Brasil.

Para isso, foram realizadas análises para determinação dos teores de vitamina C bem como a capacidade antioxidante, sendo que as diferenças estatísticas foram observadas pelo teste de Tukey (p ≤ 0,05). Os resultados mostraram que as tangerinas tiveram teores de vitamina C e capacidade antioxidante menores do que os observados para as laranjas. Os teores de vitamina C variaram entre 21,47 e 84,03 mg ácido ascórbico por 100 mL de suco de tangerina-murcote e laranja-natal, respectivamente. Com relação a capacidade antioxidante, a laranja-lima obteve os maiores valores (66,24% contra 12,78% da tangerina-murcote).

Neste contexto, as diferentes variedades de laranjas e tangerinas possuem variação significativa com relação ao conteúdo de vitamina C e capacidade antioxidante e, dentre as variedades também houve diferença, fato que pode ser atribuído parcialmente às condições de solo, clima, exposição a patógenos, dentre outros.

De Nutrição em Pauta.

Anúncios

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: