Anúncios

Um fitoquímico vermelho brilhante essencial para a saúde humana, o Licopeno.

O licopeno é um fitoquímico vermelho brilhante encontrado em frutas e legumes. Embora não seja uma vitamina essencial, é um dos mais poderosos antioxidantes. Os antioxidantes são responsáveis por reduzirem a quantidade de radicais livres encontrados no corpo humano. O consumo regular de licopeno pode ajudar a reduzir o risco de doenças cardíacas, acidente vascular cerebral, câncer de próstata e câncer de mama, câncer de estômago, pulmões e osteoporose.

Este fitoquímico não é tóxico e pode ser consumido em grandes quantidades, apesar de que o consumo exagerado de alimentos ricos em licopeno podem dar à pele uma coloração vermelha temporária.

O mais conhecido dos alimentos ricos em licopeno é sem dúvida o tomate. Este é uma boa fonte de licopeno quando fresco, no entanto quando o submetemos à altas temperaturas, expomos até três vezes mais licopeno, sendo assim mais interessante consumi-lo cozido sobre a forma de molho. Quanto mais vermelho e maduro os tomates, maior é a concentração de licopeno ali presentes. É importante lembrarmos ainda que o licopeno é solúvel em gordura, logo, para tirar todo o proveito do licopeno e garantir sua absorção, refogue o tomate maduro sempre com um pouco de azeite, tornando-o assim facilmente absorvível.

Lembre-se então: A biodisponibilidade ou absorção de licopeno é maior em produtos que utilizam tomates cozidos, e influenciados pela quantidade de gordura da refeição.

A melancia e a goiaba também contém licopeno, sendo também fontes de vitamina C. Estes poderão ser consumidos frescos ou em saladas. É importante dizermos aqui que a goiaba é classificada como uma “superfruta”, devido aos seus vantajosos valores nutricionais. A goiaba pode conter até quatro vezes mais vitamina C se comparada as laranjas, assim como a vitamina A. As sementes da goiaba são fontes de ômega-3 e fibras alimentares.

 

Anúncios

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: