Suplementação de Ômega-3 na doença hepática gordurosa não alcoólica

Já é comprovado que o consumo regular de ômega-3 é capaz de reduzir a inflamação e a infiltração gordurosa no fígado de doença hepática gordurosa não alcoólica (DHGNA), ajudando o paciente a não evoluir para uma cirrose e insuficiência hepática.

A Sociedade Brasileira de Nutrição Enteral e Parenteral recomenda a suplementçaão de 1 a 2 gramas/dia de óleo de peixe, que é rica em ácidos graxos ômega-3, em pacientes com DHGNA. O ômega-3 é capaz de reduzir significativamente a concentração plasmática de triglicerídeos, das enzimas hepáticas, da glicemia de jejum (que se encontra aumentado nestes pacientes) e do grau de esteatose hepática.

O DHGNA nada mais é que um desarranjo do metabolismo lipídico, estando frequentemente associada com a obesidade, diabetes melitus e dislipidemias.

A esteatose hepática é uma alteração no metabolismo dos lipídeos causada devido ao aumento da lipogênese, déficit da oxidação de organelas celulas e/ou baixa habilidade do fígado em explorar os lipídeos. Neste último caso, o acúmulo de lipídios no fígado prejudica o turnover das apolipoproteínas B-100 (principal proteína estrutural da lipoproteína de muito baixa densidade – VLDL), que é regulada pela presença dos ácidos graxos poliinsaturados. Estes ácidos graxos parecem estar depletados nos pacientes com DHGNA.

Referências:

Referência (s): Araya J, Rodrigo R, Videla LA, Thielemann L, Orellana M, Pettinelli P, et al. Increase in long-chain polyunsaturated fatty acid n−6/n−3 ratio in relation to hepatic
steatosis in patients with non-alcoholic fatty liver disease. Clinical Science. 2004;106:635–43. Disponível em: http://www.clinsci.org/cs/106/0635/1060635.pdf . Acessado em: 09/06/2010.

Jesus RP, Nunes ALB, Magalhães LP. Terapia Nutricional nas doenças Hepáticas Crônicas e Insuficiência Hepática. Proejto diretrizes – Sociedade Brasileira de Nutrição Enteral e Parenteral.

Mazza RPJ, Pereira CCA, Waitzberg DL. In: Cuppari, L. Nutrição clínica no adulto. 2.ed. Barueri, SP: Manole, 2005. P. 313-48.

Anúncios

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: