Anúncios

Será que isso pode?

Quadro humorístico da Rede Globo gera polêmica entre nutricionistas. Qual sua opinião sobre o assunto? Esse tipo de exposição do profissional é positiva ou negativa?

Uma moça magra entra em um consultório para pedir orientações de uma dieta balanceada para manter suas medidas atuais. Para surpresa da paciente, a nutricionista manda ela comer muitos
doces e outros alimentos extremamente calóricos. A moça não entende nada, fica nervosa e questiona a prescrição dada pela nutricionista. Ela se sente ainda mais incomodada com o fato de a profissional estar tomando uma farta porção de sorvete e comendo diversos biscoitos durante a consulta. Este é o conceito do quadro
Doutora Lorca, do programa Zorra Total, da Rede Globo. A intenção é fazer o telespectador rir. No entando, uma parte da audiência não acha graça nenhuma no programa.

A personagem criada pela atriz Fabiana Karla gerou um desconforto geral entre os nutricionistas. “O cerne do descontentamento é a mensagem errônea transmitida ao
telespectador sobre a educação alimentação, eixo de nossas ações em programas públicos e privados para combater doenças que afetam a população brasileira como a obesidade, a hipertensão, o diabetes e as doenças cardiovasculares. A linha do quadro humorístico em questão desvirtua este preceito e pode confundir o telespectador sem contribuir para o seu aprendizado sobre a importância da educação
alimentar”, diz uma mensagem do Conselho Federal de Nutricionistas (CFN) assinada pela presidente da entidade, Nelcy Ferreira da Silva, dirigida ao diretor-geral do Zorra Total, Maurício Sherman.

“A ‘responsabilidade social’ e a ‘cidadania’ que a Rede Globo tanto divulga nas suas peças institucionais foram ignoradas quando, mesmo que em um programa humorístico, cria um estereótipo de uma ‘ótima profissional’ a quem chama de nutricionista – uma pessoa de maus modos que trabalha com dieta, ridiculariza o consumo de frutas e legumes e ajuda a construir uma imagem de alimentação deturpada e incorreta”,
reforça o CRN-3 em uma carta de repúdio.

A polêmica é minimizada pela Rede Globo, que afirma que a Dra. Lorca é uma personagem de ficção e não tem compromisso com a realidade. O quadro assume a função de chamar a atenção da população ao problema da má alimentação. “Sem entrar no juízo de valor, a situação registrada tenta chamar a atenção para condições de saúde, muitas vezes negligenciadas por boa parte da população, tendo como pano de fundo o humor.

Esperamos que os interessados saibam fazer uso de uma situação fictícia para atacar o verdadeiro problema que atinge, não apenas o telespectador, mas o cidadão brasileiro na vida real”, diz a resposta da Rede Globo ao CRN-8. Apesar de toda polêmica, não se pode negar um aspecto positivo do situação. O trabalho do nutricionista ganhou uma grande visibilidade e popularidade.

Mande sua opinião sobre a personagem Doutora Lorca para nutricaosadia@yahoo.com.br

Anúncios

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: