Anúncios

SAIBA COMO FUGIR DAS ARMADILHAS DOS RÓTULOS DE ALIMENTOS

Hoje estou trazendo algumas dicas para não cairmos em armadilhas na hora de comprar um produto no supermercado. Aliás, você sabe quais são os erros mais comuns na hora de escolher um alimento? É observar apenas a embalagem e não ler com atenção o rótulo, a tabela nutricional e a lista de ingredientes! Quando fazemos isso podemos comparar e saber quais alimentos são considerados saudáveis ou não.

COMO ANALISAR OS RÓTULOS DE ALIMENTOS

O primeiro ingrediente é aquele que está em maior quantidade no produto e o último, em menor quantidade. Por exemplo: se no rótulo de determinado alimento está escrito que o produto é integral, o primeiro ingrediente deve ser farinha de trigo integral, e não farinha de trigo fortificada com ferro e ácido fólico.

O ALIMENTO LIGHT É SEMPRE SINÔNIMO DE ALIMENTO SAUDÁVEL?

Um alimento é considerado light quando tem pelo menos 25% de redução de calorias ou de algum nutriente quando comparado com os similares do mercado ou de uma versão da mesma linha de produtos. Nem sempre um alimento light é considerado saudável. Isso porque a versão normal pode ser tão carregada de sódio, gordura, açúcar, que a versão light não irá representar redução suficiente para ser considerada saudável. Então fiquem atentos a isso!

E OS ALIMENTOS LIVRES DE GORDURA?

Nem sempre quando a embalagem apresentar, por exemplo, “0% gordura trans” significa que o alimento é livre de gordura trans. Existe uma resolução que obriga os fabricantes de alimentos industrializados a declararem a quantidade de gordura trans nos produtos comercializados, porém, muitas vezes os fabricantes utilizam uma brecha técnica para comercializar produtos que contenham gordura trans e ao mesmo tempo declararem “livres de gordura trans”.
A quantidade de gordura trans deve ficar abaixo de 0,2g. Isso faz com que muitos fabricantes diminuam a porção que apresentam na tabela nutricional para que fique abaixo dessa quantidade, permitindo que grifem na embalagem: “0% gordura trans”. Portanto, fiquem atentos na listagem de ingredientes. Se tiver “gordura vegetal hidrogenada”, contém gordura trans.
Para finalizar, de modo geral, é importante observar a quantidade de sódio que deve ser consumido com moderação. Se a quantidade de sódio for superior a 400mg em 100g do alimento, ele pode ser considerado um alimento rico em sódio, devendo ser evitado.
Outro ponto importante a ser observado é a presença de aditivos químicos, que acabam tornando os alimentos não tão saudáveis. Alguns exemplos são: corantes, aromatizantes, conservantes e edulcorantes.
As pessoas que possuem doenças devem ter atenção às restrições de nutrientes de acordo com as suas necessidades individuais. É importante lembrar, também, que as quantidades informadas no rótulo dizem respeito a uma determinada porção do produto contido na embalagem e não da quantidade total do produto que vem na embalagem. Portanto, fiquem atentos ao fazerem suas compras e qualquer dúvida procure um profissional especializado na área, como um nutricionista.

*Natalia Soares é nutricionista pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ) e técnica em Alimentos pelo Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio de Janeiro.

Anúncios

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: