Resíduos de agrotóxicos acima do permitido – Tomate, morango e alface foram os mais afetados

O tomate, o morango e a alface foram os alimentos que apresentaram os maiores números de amostras irregulares referentes aos resíduos de agrotóxicos, durante o ano de 2007. Os dois problemas detectados na análise das amostras foram teores de resíduos acima do permitido e o uso de agrotóxicos não autorizados para estas culturas. Já a batata e a maçã tiveram redução no número de amostras com resíduos de agrotóxicos.

Os dados são do Programa de Análise de Resíduos de Agrotóxicos em Alimentos (Para), coordenado pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), em parceria com as Secretarias Estaduais de Saúde.
No balanço geral, dos nove produtos avaliados (alface, batata, morango, tomate, maça, banana, mamão, cenoura e laranja), o índice de amostras insatisfatórias ficou em 17,28%.
O caso que mais chamou a atenção foi o do tomate. Das 123 amostras analisadas, 55 apresentaram resultados insatisfatórios, o equivalente a 44,72%. Nesta cultura, os técnicos encontraram a substância monocrotofós, ingrediente ativo que teve o uso proibido em novembro de 2006, em razão de sua alta toxicidade.

Ainda em relação a esta cultura, embora os teores de resíduos encontrados não ultrapassem os limites aceitáveis para a alimentação diária da população, foi detectada a presença do metamidofós no tomate de mesa. Este agrotóxico é autorizado apenas para a cultura de tomate industrial (plantio rasteiro), que permite aplicação por via área, trator ou pivô central, evitando assim a possibilidade de intoxicação do trabalhador rural. O metamidofós também foi encontrado no morango e na alface, culturas para as quais não é permitido o uso deste agrotóxico.

A batata, que em 2002, primeiro ano de monitoramento do Programa, apresentava índice de 22,2% de uso indevido de agrotóxicos, teve o nível reduzido para 1,36%. A maçã, que chegou a apresentar índice de 5,33% neste período, fechou 2007 com incidência de 2,9%.

Para

O objetivo do Para, criado em 2001, é manter a segurança alimentar do consumidor e a saúde do trabalhador rural. O Programa abrange 16 estados e deve chegar a todo o país até 2009. A escolha dos itens leva em consideração a importância destes alimentos na cesta básica do brasileiro, o consumo in natura, o uso de agrotóxicos e a distribuição das lavouras pelo território nacional.

O Programa funciona a partir de amostras coletadas em pontos de venda pelas vigilâncias sanitárias dos estados e municípios. As equipes enviam o material para os laboratórios de resíduos de agrotóxicos.

Caso a utilização de agrotóxicos esteja acima dos limites permitidos pela Anvisa, os órgãos responsáveis pela áreas de agricultura e meio ambiente são acionados para rastrear e solucionar o problema. As medidas em relação aos produtores são de orientação para adoção de boas práticas agrícolas.

DADOS CONSOLIDADOS DO PARA 2007

Cultura: Alface
Total de amostras analisadas: 135
Amostras insatisfatórios – Total: 54
Amostras insatisfatórios – %: 40,00

Cultura: Batata
Total de amostras analisadas: 147
Amostras insatisfatórios – Total: 2
Amostras insatisfatórios – %: 1,36

Cultura: Morango
Total de amostras analisadas: 94
Amostras insatisfatórios – Total: 41
Amostras insatisfatórios – %: 43,62

Cultura: Tomate
Total de amostras analisadas: 123
Amostras insatisfatórios – Total: 55
Amostras insatisfatórios – %: 44,72

Cultura: Maçã
Total de amostras analisadas: 38
Amostras insatisfatórios – Total: 4
Amostras insatisfatórios – %: 2,90

Cultura: Banana
Total de amostras analisadas: 139
Amostras insatisfatórios – Total: 6
Amostras insatisfatórios – %: 4,32

Cultura: Mamão
Total de amostras analisadas: 122
Amostras insatisfatórios – Total: 21
Amostras insatisfatórios – %: 17,21

Cultura: Cenoura
Total de amostras analisadas: 151
Amostras insatisfatórios – Total: 15
Amostras insatisfatórios – %: 9,93

Cultura: Laranja
Total de amostras analisadas: 149
Amostras insatisfatórios – Total: 9
Amostras insatisfatórios – %: 6,04

Cultura: Total
Total de amostras analisadas: 1198
Amostras insatisfatórios – Total: 207
Amostras insatisfatórios – %: 17,28

Fonte: ANVISA

Anúncios

Post Author: Website: nutricaosadia.com

Dr. Vinícius Graton é Nutricionista atuante na Nutrição Clínica & Nutrição Esportiva. Em Uberlândia/MG atende na Clínica Renova - Rua Bernardo Guimarães 417 - Bairro Fundinho. Contato (34) 3255-1237 ou 3231-8655. Para Assessoria Online envie WhatsApp (34)98407-3617

Deixe uma resposta