Evite óleos vegetais ricos em Ômega-6

Se você está preocupado com ômega-6, limite então a ingestão de óleos vegetais, como óleo de soja , milho e canola. Em vez disso, escolha azeite e outros óleos com baixo teor de ômega-6.

Anúncios

Embora os óleos vegetais existam há milhares de anos, a produção em massa de óleos refinados só começou no início do século XX. Estes incluem óleo de soja, óleo de canola , óleo de milho, óleo de semente de algodão e alguns outros.

O problema é que os estudos demonstram que a maioria das pessoas está consumindo muita gordura do tipo ômega-6 ( 19 ). Em excesso, o ômega-6 pode levar ao aumento do LDL (mau) colesterol para se tornar mais facilmente oxidado e contribuir para a disfunção endotelial – dois fatores responsáveis pelo surgindo das doenças cardíacas ( 20 , 21 , 22 , 23 , 24 , 25 , 26 , 27 , 28 ).

Embora tenhamos estas informações, sabemos no entanto que mais pesquisas são necessárias antes de se chegar a conclusões sólidas – a maioria dos pesquisadores já concordam no entanto que o consumo de ômega-6 aumentou significativamente no século passado.

Se você está preocupado com ômega-6, limite então a ingestão de óleos vegetais, como óleo de soja , milho e canola. Em vez disso, escolha azeite e outros óleos com baixo teor de ômega-6.

Anúncios

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: