O diabético pode usar canela na sua culinária? Ela ajuda no controle glicêmico?

Sim, o diabético pode usar canela na sua culinária, porém não há comprovação de que ela ajude no controle da glicemia.

A canela, cujo nome científico é Cinnamomum zeylanicum, é uma erva muito utilizada em preparações doces, bebidas quentes e, desde então, é considerada uma erva de uso culinário. Paralelamente, seu efeito farmacológico em pacientes diabéticos tipo 2 tem sido estudado.

Hlebowicz e colaboradores encontraram efeito hipoglicemiante em pacientes que usavam canela na forma de suplemento, no controle da glicose pós-prandial. Outro grupo de pesquisadores encontrou em uma revisão de literatura dois estudos, com número muito pequeno de pacientes, que mostravam melhora no controle glicêmico em pacientes que usavam canela na forma de suplemento. Já a metanálise realizada por Barker e colaboradores, com cinco estudos prospectivos e controlados, concluiu que a canela não provoca alteração significativa no controle da glicemia.

Portanto, o diabético pode usar a canela para aromatizar suas preparações, porém ela não interfere no controle glicêmico. O controle glicêmico está associado a mudanças na dieta e no estilo de vida, uso de hipoglicemiantes orais e/ou terapia com insulina.

Bibliografia (s)
Dearlove RP, Greenspan P, Hartle DK, Swanson JL. Inhibition of protein glycation by extracts of culinary herbs and spices. J Med Food. 2008; 11(2):275-81.
Ammon HP. Cinnamon in type 2 diabetes. Med Monatsschr Pharm. 2008; 31(5):179-83.
Hlebowicz J, Darwicheg G, Bjorgell O. Effect of cinnamon on postprandial blood glucose, gastric emptying and saciety in health subjects. Am J Clin Nutr. 2007; 85(6):1556-6.
Pham AQ, Kourlash H, Pham DQ. Cinnamon supplementtion in patients with type 2 diabetes mellitus. Pharmacotherapy. 2007; 27(4):595-9.
Baker WL, Gutierrez-Williams G, White M. Effect of cinnamon on glucose control and lipid parameters. Diabetes Care. 2008; 31:41-3.
NUTRITOTAL

Anúncios

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: