#JEJUMINTERMITE – O que as linhas de pesquisas confirmam? 👇📚

De acordo com uma revisão de 2014 da literatura científica, o jejum intermitente pode causar perda de peso de 3-8% em 3-24 semanas. Isso é uma quantia enorme. As pessoas também perderam 4-7% da circunferência da cintura, o que indica que eles perderam muita gordura da barriga , a gordura prejudicial na cavidade abdominal que causa muitos problemas de saúde.
http://www.sciencedirect.com/…/pii/S193152441400200X

Um estudo de revisão também mostrou que o jejum intermitente causou menos perda muscular do que a restrição calórica contínua
https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/21410865

Curiosamente, o jejum intermitente demonstrou ter grandes benefícios para a resistência à insulina e levar a uma redução impressionante nos níveis de açúcar no sangue
http://www.sciencedirect.com/…/pii/S193152441400200X

Em estudos com humanos em jejum intermitente, o açúcar no sangue em jejum foi reduzido em 3-6%, enquanto a insulina em jejum foi reduzida em 20-31%
http://www.sciencedirect.com/…/pii/S193152441400200X

Um estudo em ratos diabéticos também mostrou que o jejum intermitente protegia contra danos nos rins, uma das mais graves complicações do diabetes
https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/17316625

Vários estudos mostram que o jejum intermitente pode aumentar a resistência do corpo ao estresse oxidativo.
https://www.sciencedirect.com/…/pii/S095528630400261X
https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/17291990/

Além disso, estudos mostram que o jejum intermitente pode ajudar a combater a inflamação, outro fator determinante de todos os tipos de doenças comuns.
https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/17374948
https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/23244540

O jejum intermitente tem demonstrado melhorar diversos fatores de risco, incluindo pressão arterial, colesterol total e LDL, triglicerídeos sangüíneos, marcadores inflamatórios e níveis de açúcar no sangue.
https://www.sciencedirect.com/…/pii/S193152441400200X
https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/19793855
https://www.sciencedirect.com/…/pii/S0104423013000213
http://www.ibimapublishing.com/…/2014/459119/459119.html

Vários estudos em ratos mostraram que o jejum intermitente pode aumentar o crescimento de novas células nervosas, o que deve trazer benefícios para a função cerebral
https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/11220789
http://onlinelibrary.wiley.com/…/j.0022-3042…/abstract

Um estudo em ratos mostra que o jejum intermitente pode retardar o aparecimento da doença de Alzheimer ou reduzir sua gravidade
https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/17306982

Anúncios

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: