IMG_6997
Dr. Vinícius Graton – Nutricionista.

Exercícios de endurance são atividades físicas aeróbicas (correr, pedalar…). Nesta prática esportiva a depleção de glicogênio muscular e hepático pode resultar em fadiga. Para retardar esta ocorrência, é importante a ingestão de carboidratos antes, durante e depois o exercício.

O mais importante aspecto do treinamento de endurance é desenvolver o sistema aeróbio total. Isto inclui boa circulação sangüínea, desenvolvimento das fibras musculares de contração lenta e a habilidade para queimar grandes quantidades de gordura para produção de energia. Diminuição da performance, contusões e doenças quase sempre são originadas por uma carência ou falha da função aeróbia (MAFFETONE,1996).

O primeiro passo para produzir um sistema aeróbio altamente eficiente é construir uma larga e sólida base aeróbia. Esta é a fase do treinamento em que todos os seus treinos devem ser aeróbios, ou seja, no limiar aeróbio máximo ou abaixo dele. Neste período, devem ser eliminados quaisquer trabalhos de musculação, e trabalhos de velocidade, visto serem trabalhos anaeróbios (MAFFETONE,1996).

As principais razões para isso são as seguintes:

1) Treinamento anaeróbio pode diminuir o número de fibras musculares aeróbias, às vezes, de modo bastante significativo, em apenas poucas semanas de treinamento inadequado.

2) O ácido láctico produzido durante treinamento anaeróbio pode inibir a produção de enzimas musculares aeróbias, que são necessárias no metabolismo aeróbio.

3) Treinamento anaeróbio eleva seu quociente respiratório. Isto significa que a percentagem de energia derivada da glicose aumenta e de gordura diminui. Com o tempo, isto pode forçar um maior metabolismo anaeróbio e menor função aeróbia.

4) Stress também tem uma resposta fisiológica no organismo, e pode inibir o sistema aeróbio. Stress é quase sinônimo de treinamento anaeróbio. Stress excessivo eleva os níveis de cortisol, que provoca um aumento dos níveis de insulina, inibindo a utilização da gordura e aumentando o uso da glicose. Isto também promove o metabolismo anaeróbio e inibe a atividade aeróbia (MAFFETONE,1996).

Anúncios

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: