Estradiol elevado em HOMENS! O que fazer?

O Estradiol é um hormônio produzido tanto pelo corpo masculino quanto pelo feminino. No entanto, ele é mais conhecido como o hormônio “feminino” por se acreditar antigamente que era produzido apenas pelas mulheres. Ele é o principal hormônio responsável pelo desenvolvimento dos caracteres sexuais femininos e é fundamental que esteja em níveis adequados para a concepção. O exame do estradiol é um exame de sangue, também conhecido como E2. O exame de estradiol pode ser indicado para detectar causas de alterações no desenvolvimento das características masculinas ou femininas.

É Importante ressaltar que o resultado do exame de estradiol pode sofrer alterações se o paciente apresentar anemia, hipertensão arterial, doenças renais e hepáticas, ou estiver tomando determinados medicamentos, como anticoncepcionais orais, estrogênio, corticoides, antibióticos (tetraciclina, ampicilina) e certas medicações psiquiátricas, como as fenotiazinas.

Os valores de referência para o estradiol sérico variam conformam a análise realizada no laboratório em que se realizou a coleta. Geralmente nos homens esse hormônio deve ser em média inferior a 52,0 pg/mL (Picograma / mililitro) , nas mulheres variam de acordo com o período do clico menstrual ou se está na menopausa. Em crianças o valor deve ser menor que 18,0 pg/mL (Picograma / mililitro) .

A elevação do estradiol no homem pode ser causado por Obesidade, tumores de testículos e uso indiscriminado de hormônios masculinos como a testosterona.

O uso de testosterona pode aumentar o estradiol em homens?

O uso de testosterona com fins de crescimento muscular pode aumentar os níveis do estradiol pois grande parte dessa testosterona converte em estrogênio, causando efeito contrário ao desejado.

O aumento do E2 no homem pode causar Ginecomastia, nódulos e câncer de mama e aumento de gorduras corporais, principalmente em regiões abdominais características de acúmulo na mulher como por exemplo em região de flancos.

Muitos homens têm por herança genética esse aumento do estradiol, e faz necessário em algum momento regular esse hormônio. Alguns medicamentos têm esse efeito de redução dos valores do hormônio feminino no homem, entre eles o anastrazol é muito utilizado, medicamento de indicação de uso em tratamento de neoplasias de mama, que por sua vez tem uma ação muito importante na redução do estradiol sérico no homem. O uso do anastrazol reduz em media mais de 20% de gorduras corporais e aumenta mais de 30% a massa muscular.

O uso dessa medicação associada a atividade física sistemática e uma dieta saudável permite chegar a esses resultados. Já existe o anastrazol em paletes (chips) subcutâneos que permite o controle do E2 por um tempo mais prolongado.

É bom lembrar que esse medicamento somente deve ser utilizado quando prescrito por um médico, pois pode ter efeitos colaterais e pode estar contra indicado para alguns pacientes específicos.

Outro problema que a elevação desse hormônio pode causar é a infertilidade, o estrogênio mais alto diminui a produção de espermatozoides no sêmen que por sua vez pode causar infertilidade, ainda pode causar disfunção erétil pois esse aumento desregula o eixo testosterona/estradiol causando dificuldades de manter a ereção.

O especialista deve ser consultado para solicitar um check up hormonal e avaliar a necessidade de regular ou não os níveis de hormônios sérico. A performance física dos pacientes quando regulado esses valores tende a melhorar muito e ainda aumentar a longevidade, viver bem e saudável por mais tempo.

Anúncios

Website: nutricaosadia.com

Dr. Vinícius Graton é Nutricionista atuante na Nutrição Clínica & Nutrição Esportiva. Em Uberlândia/MG atende na Clínica Renova - Rua Bernardo Guimarães 417 - Bairro Fundinho. Contato (34) 3255-1237 ou 3231-8655. Para Assessoria Online envie WhatsApp (34)98407-3617

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: