Dr. Vinícius Graton - Complexo UMC / Rua Rafael Marino Neto, 600 - Karaiba, Uberlândia/MG

Uberlândia/MG

Ligue (34)3256-6300

Atendimento das 08:00 às 21:00 - De segunda a sábado

Procedimentos:

1 Consulta Inicial com 2 Avalições por Bioimpenciometria + 3 retornos

Para a sua comodidade e segurança:

Trabalhamos com todos os cartões.

Título

Autem vel eum iriure dolor in hendrerit in vulputate velit esse molestie consequat, vel illum dolore eu feugiat nulla facilisis at vero eros et dolore feugait

Congresso internacional revela os avanços e perspectivas da nutrigenômica

Autor(a): Rita de Cássia Borges de Castro

A Conferência Internacional de Nutrigenômica (INCON) juntamente com a 10ª. Conferência Internacional dos Mecanismos Antimutagênicos e Anticarcinogênicos (ICMAA), que ocorreram entre os dias 26 e 29 de setembro de 2010, discutiram os principais avanços e os novos desafios da nutrigenômica. Este foi o primeiro grande evento na área realizado no Brasil na cidade do Guarujá, estado de São Paulo.

O congresso abordou as aplicações e o impacto da nutrigenômica nas questões relacionadas à saúde pública, com a participação dos principais cientistas de todo o mundo.

O reconhecimento de que os nutrientes possuem a capacidade de interagir e modular os mecanismos moleculares de funções fisiológicas do organismo vem provocando uma revolução na ciência da nutrição. Assim, a nutrigenômica (ou genômica nutricional) surge como a ciência que estuda a influência dos nutrientes na expressão dos genes e como eles regulam os processos biológicos, através da aplicação de tecnologias que avaliam a genômica, transcriptômica, proteômica e metabolômica.

O objetivo desta ciência relativamente nova é compreender a variação individual na resposta aos nutrientes e compostos bioativos de alimentos, bem como estabelecer os seus mecanismos moleculares de ação. Esses novos conhecimentos irão contribuir para o planejamento de uma dieta personalizada que permitirá a manutenção da saúde e prevenção de doenças.

Dentre os principais destaques do congresso foi o workshop sobre o Micronutrient Genomics Project (Projeto Genoma de Micronutrientes), com a palestra de Chris Evelo, chefe do Departamento de Bioinformática da Universidade de Maastricht, na Holanda. O pesquisador explicou que este projeto tem como objetivo criar e disponibilizar ferramentas de bioinformática para pesquisadores que informe a respeito da relação dos micronutrientes e seus impactos sobre a saúde. Com isso, será possível a criação de uma rede biológica para cada micronutriente, que permitirá: acessar as variações genéticas relevantes; visualizar as alterações no transcriptoma, exibindo as interações entre os micronutrientes e genes; visualizar as alterações metabolômicas no plasma e tecidos, mostrando o envolvimento dos micronutrientes em vias metabólicas.

O holandês Ben Van Ommen demonstrou em sua palestra que é imprescindível os esforços combinados de pesquisadores do mundo inteiro através de organizações internacionais, como a NuGO (Nutrigenomics Organisation), para o compartilhamento e melhor aproveitamento de dados sobre expressão gênica e nutrientes. A NuGO (www.nugo.org) tem o objetivo de estimular a evolução da nutrigenômica e converter as descobertas das pesquisas nutricionais em saúde, através de projetos conjuntos de investigação, conferências, workshops etc.

A pesquisadora alemã Hannelore Daniel, da Universidade Técnica de Munique, foi uma das convidadas de destaque do congresso. Em uma de suas conferências, a pesquisadora observou que através das ferramentas “ômicas”, a ciência nutricional tem se tornado essencial na compreensão dos processos que compõem o metabolismo na saúde e nas doenças humanas. Além disso, ela relatou que a nutrigenômica visa definir melhor os mecanismos de controle homeostático, identificar o desequilíbrio nas fases iniciais das doenças relacionados à dieta e que a avaliação da medida de sensibilização do genótipo de um indivíduo contribui para o avanço do tratamento de doenças.

O diretor da Divisão de Nutrição e Medicina Personalizadas, Jim Kaput, da Food and Drug Administration (FDA), dos Estados Unidos da América, destacou que as pesquisas na área de nutrigenômica e suas aplicações enfrentam grandes desafios: a heterogeneidade genética humana, a complexidade dos alimentos e os mecanismos de variáveis fisiológicas que levam à saúde ou doença. O pesquisador ressalta que novas estratégias de pesquisa e projetos experimentais são necessárias para a criação de recomendações nutricionais personalizadas.

O congresso ofereceu espaço para os jovens pesquisadores, através de sessões em que foram discutidos planos de carreira e oportunidades na área. Neste espaço os estudantes de mestrado e doutorado tiveram a oportunidade de interagir com pesquisadores renomados, o que tornou a sessão interativa com perguntas e respostas. Esta iniciativa foi bastante apreciada pelos participantes, que gerou informações destinadas a expandir as oportunidades para a carreira científica.

Rita de Cássia Borges de Castro – Nutricionista, Pesquisadora do Laboratório de Nutrição e Cirurgia Metabólica do Aparelho Digestivo (Metanutri – LIM 35) da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (FMUSP). Especialização em Terapia Nutricional e Nutrição Clínica pelo GANEP. Graduada em Nutrição pela Universidade Potiguar (Natal-RN).

Matéria redirecionada do site NUTRITOTAL.

Anúncios
Website: nutricaosadia.com

Dr. Vinícius Graton é Nutricionista atuante na Nutrição Clínica & Nutrição Esportiva. Em Uberlândia/MG atende na Clínica Renova - Rua Bernardo Guimarães 417 - Bairro Fundinho. Contato (34) 3255-1237 ou 3231-8655. Para Assessoria Online envie WhatsApp (34)98407-3617

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: