Atenção gestantes com a alta presença de mercúrio em frutos do mar

Mulheres grávidas e crianças devem tomar cuidado com alguns frutos do mar, devido a alta presença de mercúrio – o mercúrio é uma neurotoxina, onde quando exposta intra-uterina em níveis elevados pode prejudicar o desenvolvimento do bebê em suas habilidades cognitivas. Mariscos podem representar um perigo, porque o mercúrio – geralmente a partir das emissões de usinas de energia e outras fontes industriais – podem se acumular nos tecidos dos peixes, especialmente em predadores no topo da cadeia alimentar. Isso inclui o atum convencional, e o atum branco, já conhecido por conter altas concentrações de mercúrio. A Food and Drug Administration (FDA) recomenda que as mulheres em idade fértil e crianças, não venham a consumir mais do que 3,5 gramas de atum light em uma semana e mais do que 1,5 gramas de atum branco.

É claro que limitar a ingestão de frutos do mar tem seus próprios riscos. O ômega-3 encontrado em peixes, são fundamentais para o desenvolvimento fetal, assim como também do sistema nervoso, conhecidos ainda por reduzirem o risco de ataque cardíaco e derrame. Por esta razão, a orientação e elaboração de um plano alimentar calculado pelo nutricionista se torna essencial, garantindo assim a ingestão correta dos nutrientes fundamentais tanto para a saúde da mãe como para a saúde do bebê.

Texto: Dr. Vinícius Graton Costa – Nutricionista.

Anúncios

Post Author: Website: nutricaosadia.com

Dr. Vinícius Graton é Nutricionista atuante na Nutrição Clínica & Nutrição Esportiva. Em Uberlândia/MG atende na Clínica Renova - Rua Bernardo Guimarães 417 - Bairro Fundinho. Contato (34) 3255-1237 ou 3231-8655. Para Assessoria Online envie WhatsApp (34)98407-3617

Deixe uma resposta