Anúncios

Apenas 30% dos biscoitos são "zero trans"


RICARDO WESTIN
da Folha de S.Paulo

Mesmo com as pressões do governo e da sociedade, ainda são encontrados nos supermercados muitos alimentos ricos em gordura trans. Dos biscoitos vendidos no país, por exemplo, apenas 30% são considerados “zero trans”, de acordo com a Abia (Associação Brasileira das Indústrias da Alimentação).

No ano passado, representantes das indústrias e dos governos de toda a América se reuniram em Washington, por iniciativa da OMS (Organização Mundial da Saúde), para discutir formas de livrar o continente da gordura trans. Um dos pontos de consenso foi que as medidas voluntárias da indústria não são suficientes. Por isso, os governos devem intervir com “medidas de regulação para proteger de maneira mais rápida e eficaz a saúde da população”.

Um ano depois, em junho passado, esse mesmo grupo voltou a se reunir, dessa vez no Rio, e chegou à conclusão de que não se havia avançado muito. O documento final do encontro impôs aos governos que concedam incentivos fiscais aos fabricantes e aos agricultores para que descubram e adotem matérias-primas alternativas.

Tabela nutricional

No Brasil, até agora, a única medida concreta do governo foi a inclusão, em 2006, do item “gordura trans” na tabela nutricional impressa no rótulo dos alimentos. “Isso foi ótimo. Agora temos de perder o hábito de olhar só o preço e a data de validade e ver também a composição dos produtos”, diz a médica Maria Cristina Izar, da direção da Sociedade Brasileira de Cardiologia.

O Ministério da Saúde discute com os fabricantes a adoção de prazos para que os supermercados fiquem livres dessa gordura, como ocorre no Canadá e na Dinamarca. O governo espera obter algum compromisso da indústria até o final do ano.

A gordura trans aumenta o LDL (colesterol ruim) e diminui o HDL (colesterol bom) no sangue. Essa combinação causa aterosclerose, um perigoso acúmulo de placas de gordura na parede dos vasos sangüíneos. Isso, em casos extremos, resulta em ataque cardíaco e AVC (acidente vascular cerebral), os males que mais matam no Brasil.

Anúncios

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: