Anúncios

Anemia em Atletas

Saúde & Performance – Fisiologia

A expressão “anemia causada pela prática esportiva” é usada para descrever um possível efeito do treinamento na diminuição de hemoglobina a níveis próximos da anemia clínica (12 g/ dl para mulheres e 13 g/dl para homens), com maior incidência entre atletas de prova de resistência.

A hemoglobina do sangue combinada com ferro é responsável pelo transporte de oxigênio às células, permitindo a liberação de energia para o exercício. A perda de ferro diminui as reservas desse mineral, prejudicando a síntese de novas hemácias.

Estudos demonstram a perda de sangue entre atletas, pelo balanço negativo de ferro no organismo, pode ser causado pela hemólise (destruição de hemácias); pelo traumatismo mecânico, nas atividades em que o indivíduo sustenta o peso do corpo sob pancadas dos pés na superfície do solo; perda de ferro pelo suor; e aumento do volume plasmático, causando aparente queda dos níveis de hemoglobina. Além disso, o ganho de massa muscular aumenta a necessidade de ferro (esgotando as reservas) e podem ocorrer sangramentos gastrointestinais em corridas de longa distância. Em corredores, tem sido sugerida também uma menor absorção de ferro quando comparada a da população em geral, especialmente quando esse ferro é não-heme e está acompanhado de uma dieta rica em fibras (que podem prejudicar a absorção de ferro), o que pode explicar também a maior carência de ferro entre atletas vegetarianos.

Uma dieta rica em carnes auxilia o combate a essa situação de anemia, sendo necessária, em alguns casos, a suplementação.

Referências Bibliográficas

Katch FI, McArdle WD. Nutriçao, execício e saúde. 4a edição. São Paulo; MEDSI, 1996.

Ghorayeb N, Barros T. O exercício: preparação fisiológica, avaliação médica – aspectos especiais e preventivos. São Paulo; Atheneu, 1999.

fonte: rgnutri

Anúncios

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: