Dr. Vinícius Graton - Complexo UMC / Rua Rafael Marino Neto, 600 - Karaiba, Uberlândia/MG

Uberlândia/MG

Ligue (34)3256-6300

Atendimento das 08:00 às 21:00 - De segunda a sábado

Procedimentos:

1 Consulta Inicial com 2 Avalições por Bioimpenciometria + 3 retornos

Para a sua comodidade e segurança:

Trabalhamos com todos os cartões.

Título

Autem vel eum iriure dolor in hendrerit in vulputate velit esse molestie consequat, vel illum dolore eu feugiat nulla facilisis at vero eros et dolore feugait

Ácidos graxos ômega-3 podem reduzir mortalidade em pacientes cardíacos


Uma cápsula diária de ácidos graxos poliinsaturados ômega-3 pode reduzir a mortalidade e as internações devido a doenças vasculares em pacientes com problemas cardíacos, enquanto as estatinas – usadas para combater o colesterol – quase não surtem efeito.

Esta foi a conclusão de dois estudos do Grupo Italiano para o Estudo da Sobrevivência na Insuficiência Cardíaca (Gissi, em italiano), dirigidos pelos professores Luigi Tavazzi e Gianni Tognoni, informa a revista médica “The Lancet”.

Os pesquisadores dividiram os pacientes em dois grupos: os do primeiro (3.494 pessoas) receberam uma cápsula diária de ômega-3, enquanto os 3.841 doentes do segundo grupo tomaram placebo.

A maior parte dos pacientes do grupo que recebeu o placebo (2.053, equivalente a 59%) morreu ou teve de ser hospitalizada devido a problemas cardiovasculares. Já no outro grupo, o número foi de 1.981 pessoas (57%), o que equivale a uma redução efetiva de 5%.

Os pesquisadores analisaram os resultados de outro estudo realizado em 357 centros cardiológicos da Itália sobre os efeitos da rosuvastatina em pacientes cardíacos, cuja evolução foi acompanhada durante quatro anos.

Um total de 2.285 pacientes recebeu estatina de dez miligramas diariamente, enquanto outros 2.280 receberam placebo.

No primeiro grupo, 657 pacientes (29% do total) morreram devido a diversas causas no primeiro grupo, frente aos 644 (28%), no segundo.

A proporção de pacientes que morreram ou tiveram de ser hospitalizados devido a algum problema cardiovascular também foi similar em ambos os grupos: 57% no primeiro caso e 56%, no segundo.

O doutor Gregg Fonarow, do Centro de Cardiomiopatia Ahmanson-UCLA, em Los Angeles, comentou os resultados na “Lancet”.

“No caso dos suplementos de ácidos graxos ômega-3 foram observados benefícios. No caso das estatinas, infelizmente não”, disse.

Fonte: FolhaOnline – Artigos Científicos

Anúncios
Website: nutricaosadia.com

Dr. Vinícius Graton é Nutricionista atuante na Nutrição Clínica & Nutrição Esportiva. Em Uberlândia/MG atende na Clínica Renova - Rua Bernardo Guimarães 417 - Bairro Fundinho. Contato (34) 3255-1237 ou 3231-8655. Para Assessoria Online envie WhatsApp (34)98407-3617

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: