Anúncios

A cirurgia bariátrica no tratamento do diabetes

Obesidade e Diabetes tipo 2 estão intimamente associados e, à medida que um paciente obeso alcança graus progressivos de peso ele se aproxima mais e mais do diabetes. O contrário também é verdadeiro, uma vez que à medida que um paciente diabético obeso perde peso, ele melhora progressivamente o seu controle glicêmico. Logo, obesidade e diabetes são doenças interligadas, de maneira que o agravamento de uma impossibilita o tratamento da outra, ao passo que ao conseguirmos deter a evolução de uma, estaremos mais propensos a conseguir também o controle da outra. Daí a vantagem da correção da obesidade do paciente diabético.

Os efeitos da cirurgia bariátrica no tratamento do diabetes foram observados desde o início da sua utilização. Inicialmente pensávamos que esses efeitos se dessem apenas pela grande perda de peso que ocorre após o procedimento cirúrgico. Mas a observação do pós operatórios dos pacientes diabéticos submetidos a cirurgia bariátrica revelou que a normalização da glicemia ocorria muito antes da perda de peso. Essa constatação vem fazendo da cirurgia um procedimento válido e eficaz no tratamento dos pacientes com diabetes tipo 2.

A melhora do diabetes ocorre em todas as modalidades de cirurgia bariátrica, mas é muito rápida nas técnicas cirúrgicas com desvio do trânsito intestinal como na cirurgia de Capela. Essa melhora na glicemia se deve a vários mecanismos além da perda de peso, como por alterações na dinâmica de alguns hormônios produzidos pelo estômago e intestino delgado, levando a redução da glicemia com a consequente redução ou suspensão dos vários medicamentos usados para o tratamento do diabetes, inclusive insulina. Essa melhora é evidente nos pacientes que ainda tem capacidade de produzir insulina, e menos intensa nos pacientes com diabetes tipo 2 com evolução prolongada ou em uso de insulina por muito tempo. As estatísticas apontam para uma taxa de remissão do diabetes de 70 a 90% dos casos.

Um grande engano é pensar que a cirurgia bariátrica representa a cura da obesidade ou do diabetes. Ela é uma das modalidades de tratamento, com indicações precisas, mas requer monitorização contínua devido ao risco nutricional progressivo causado pela má absorção dos nutrientes que passa a ocorrer ao longo da vida desses pacientes.

Por: Comer sem Culpa

Anúncios

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: